Liga do Cartola é criada para arrecadar R$ 12 milhões

Liga Solidária no Cartola

Os participantes precisam doar no mínimo R$ 15 por mês para disputar a liga e concorrer a prêmios, enquanto ajudam Kyara a sobreviver.

Kyara Lis, uma bebê de apenas 1 ano e 1 mês, tem uma doença rara, chamada AME (Atrofia Muscular Espinhal), e precisa de R$ 12 milhões para comprar o único remédio que pode ajudar a salvar sua vida, o Zolgensma. Em busca desse objetivo, um primo de Kyara criou uma liga solidária no Cartola, na qual os participantes doam quantias mensais para se manter na disputa e ajudar na causa da pequena guerreira.

Samuel Victor Teixeira, primo de Kyara, foi quem teve a ideia. “Sempre joguei o Cartola por ser apaixonado por futebol. Todos os anos participava de alguma liga entre amigos, com valor simbólico pra confraternizar ao final do mês e turno do campeonato”, contou ele.

“Foi quando pensei que poderíamos criar uma liga em prol da Kyara, com um valor simbólico, onde 100% dessa contribuição teria que ser doada diretamente nas contas dela, ou adquirindo alguma rifa com valor mínimo de R$ 15”, explicou Samuel. Entre os objetos rifados estão um carro zero, um violão autografado pela banda Jota Quest, um notebook, um scooter elétrico, roupas e tantas outras coisas.

No regulamento da liga “@CureaKyara | Liga da Solidariedade” consta que o time campeão do mês ganha um boné oficial do clube que torce, enquanto o melhor de cada turno e grande vencedor do ano leva uma camisa oficial do time do coração. Qualquer pessoa pode entrar na liga e, para validar sua participação do mês, basta comprar uma rifa pelo site Rife-Me (ou fazer uma doação de no mínimo R$ 15 para uma das contas bancárias da Kyara) e enviar o comprovante para Samuel.

Faltam R$ 8 milhões

A liga solidária do Cartola é apenas uma das diversas formas que os pais de Kyara Lis encontraram para arrecadar os R$ 12 milhões necessários para comprar o Zolgensma. A última atualização mostrou que R$ 4.062.402.12 milhões já foram doados e falta pouco menos de R$ 8 milhões para a pequena Kyara ter a cura.

Porém, “quem tem AME, tem pressa” e Kyara precisa tomar o remédio até completar 2 anos. A AME é uma doença genética, rara, neuromuscular, grave, degenerativa e irreversível que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína considerada essencial para a sobrevivência dos neurônios motores (SRM), responsáveis pelos movimentos voluntários vitais simples, como respirar, engolir e se mover.

Para entrar na liga do Cartola basta entrar neste grupo de WhatsApp e falar com o Samuel ou qualquer um dos outros administradores. Já para doar qualquer quantia à Kyara, abaixo estão as contas bancárias e outras plataformas por onde é possível contribuir:

Fonte: https://www.metropoles.com